Catálogo Editora Quixote-Do

R$49,90

O Foco das Coisas & Outras Histórias

O Foco das Coisas & Outras Histórias, de Ana Cecília Carvalho, 2019, é o segundo livro de uma Trilogia dos Inquietos. O primeiro livro que deu início a essas histórias inquietas foi Os Mesmos e os Outros: o livro dos ex, que saiu em 2017. O terceiro livro, sairá em breve, com o título de A memória do perigo. Como o primeiro, O Foco das Coisas & Outras Histórias, não é um livro de transparências, mas de nuances e de sombras. Imagens de confinamento traduzem, com inteligência e bom humor, a vida, mesmo quando se está diante de um tratado poético sobre a desesperança. Equilibrar-se no fio estreito das certezas é condição para se aproximar desses textos estranhamente belos e inquietantes. O leitor perceberá que, como na célebre lição de Graciliano Ramos, “liberdade completa ninguém desfruta: começamos oprimidos pela sintaxe e acabamos às voltas com a delegacia de ordem política e social, mas, nos estreitos limites a que nos coagem a gramática e a lei, ainda nos podemos mexer”. Nos lugares inóspitos de cada história de O Foco das Coisas & Outras Histórias uma fresta de ar nos ajuda a respirar.

Ana Cecília Carvalho nasceu em Belo Horizonte. Escritora e psicanalista, lecionou na Universidade Federal de Minas Gerais até 2009, quando se aposentou. Recebeu, em 1991, o Prêmio Brasilia de Literatura, e em 1975 e 1985, o Prêmio Cidade de Belo Horizonte. Em 1993 foi finalista, na categoria contos, do prêmio Jabuti. Desde 1973, suas histórias têm sido publicadas em antologias e suplementos literários. É autora de Os Mesmos e os Outros: o livro dos ex. (Quixote+Do, 2017); O livro neurótico de receitas (Ophicina de Arte & Prosa, 2012); A poética do suicídio em Sylvia Plath (Ed.UFMG, 2003); Uma mulher, outra mulher (Ed. Lê, 1993) e Livro de Registros (Interlivros, 1976), entre outros. Ana Cecília Carvalho vive com o marido, o também escritor Hal Reames, em Austin, Texas, Estados Unidos.

ISBN: 978-85-66-256-48-2
Título: O foco das coisas & outras histórias
Páginas: 112
Autora: Ana Cecília Carvalho
Ano de publicação: 2019

A Fascinação das Asas

R$49,90

A Fascinação das Asas

A novela “A fascinação das asas” fala da importância da leitura literária e os riscos de seu abandono. Ao acompanhar a trajetória do protagonista, Aurélio, o autor constrói uma metáfora dos nossos tempos. Num país fictício, uma revolução põe no comando pessoas que não se importam com a cultura e a liberdade. Aurélio, um homem idealista com uma visão quase lírica do mundo termina tornando-se refém tanto de guerrilheiros quanto do Estado. No cárcere, toma contato com o mundo dos livros, descobrindo novas perspectivas sobre o amor, a liberdade e as asas.

Fernando Armando Ribeiro é mineiro de Belo Horizonte. Por influência de seu pai, sempre foi fascinado por literatura e sua trajetória passa pelas letras jurídicas e filosóficas. Professor da PUC Minas, curso de Direito, é doutor em Filosofia do Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e fez o Pós-doutorado na University of California, Berkeley (EUA). É autor, dentre outros livros de, “Colheita” (poesia, editora Letramento, 2017); “Constitucionalismo e teoria do direito” (editora Del Rey, 2013); “Conflitos no Estado constitucional democrático” (editora Del Rey, 2004);e organizador de “Espectros poéticos da justiça” (editora Del Rey, 2019).

ISBN: 978-85-66-256-53-6
Título: A fascinação das asas
Páginas: 144
Autor: Fernando Armando Ribeiro
Ano de publicação: 2019

R$52,90

A Natureza da Mordida

A Natureza da Mordida, segundo livro de Carla Madeira, autora de “Tudo é rio”, é um livro sobre a amizade. É sobretudo um livro marcado pelo amor à literatura. Olívia e Biá, as duas protagonistas da história, se encontram pela primeira vez num pequeno sebo improvisado. Devastada por uma perda recente, Olívia se deixa envolver pela fala desatinada de Biá, por seu humor dilacerante, sua tragédia cotidiana e os mistérios de uma dor antiga. Nos doze primeiros encontros, o leitor se verá enredado por uma história cheia de lacunas. Vai experimentar, como a própria Biá, as intensidades da perda de memória, marcada ora pelos esquecimentos, ora pelas lembranças salientes. Será preciso mastigar cada tesouro que emergirá dos encontros e das anotações feitas por Biá, mesmo que tomado pela angústia de não poder compreendê-los ainda.

A partir daí tudo começa a ser revelado. A narrativa ganha o fluxo das histórias que não podem ser interrompidas, toda a vida de Olívia virá à tona e, ao conhecer a vida de Olívia, o leitor vai sendo preparado para compreender Biá. É com essa provocação, que desestabiliza as fronteiras entre o bem e o mal e obriga o leitor a se colocar no lugar do outro, que A Natureza da Mordida se torna um livro de força universal.

Carla Madeira nasceu em Belo Horizonte. Largou o curso de matemática e se formou em jornalismo e publicidade. Foi professora de redação publicitária na Universidade Federal de Minas Gerais e é diretora de criação da agência de comunicação Lápis Raro. Em 2014, lançou seu primeiro romance, “Tudo é rio”, um sucesso editorial, recebido com entusiasmo pelo público e pela crítica.

ISBN: 978-85-66256-35-2
Título: A Natureza da Mordida
Autor: Carla Madeira
Páginas: 268
Ano de lançamento: 2018

R$49,90

Caixa Bichos (contém Bichos + Os Cágados)

A Quixote+Do lança a caixa Bichos, que contém os livros Bichos + Os cágados e + Phthirus pubis ou o livro dos chatos, do autor mineiro Ricardo Brasileiro. Os livros nos trazem uma poesia com um humor marcante: salgado, satírico, livre, Ricardo Brasileiro faz piada com o sujeito e seu mundo. Os notáveis bichos de Brasileiro compõem uma fauna singular e leitores de todas as idades são convidados a se divertirem com a tragédia humana. Nos resta rir, diz a poesia de Brasileiro.

Graduado em Artes Plásticas pela Escola Guignard, doutor e mestre em Direito pela UFMG, Ricardo Brasileiro, que é professor universitário e procurador do Estado de Minas Gerais, já lançou “Ego [2009-2017]”, pela Editora Miguilim. Neste livro, ele faz uma incursão pela literatura, pela poesia, pela autoficção e pelas artes visuais.

ISBN: 978-85-66256-45-1
Título: Caixa Bichos
Páginas: Bichos – 90 | Os cágados – 90
Autor: Ricardo Brasileiro
Ano de publicação: 2019

R$49,90

Pequenas histórias de luz e som

Pequenas histórias de luz e som, é um livro que reúne 48 textos que nos mostram uma maneira diferente de observar o mundo. São pequenas narrativas de auto-ficção concebidas por meio da memória do autor Flávio Oliveira, deficiente visual. A escritora e professora de Teoria da Literatura e Literatura Comparada da Faculdade de Letras da UFMG Maria Esther “Valendo-se de uma linguagem ora feita de sutilezas, ora modulada pela dicção coloquial ou por um tom reflexivo, o autor extrai de suas vivências a principal matéria-prima para as histórias, sempre atento ao que se passa ao redor e ao que permanece do passado como lembrança”, escreve a escritora e professora Maria Esther Maciel.

Flávio Couto e Silva de Oliveira tem 54 anos e nasceu em Vacaria (Rio Grande do Sul), mas há 50 anos vive em Belo Horizonte. Sua incursão pela literatura lhe rendeu, em 2000, o primeiro lugar na categoria ensaio do concurso nacional de literatura Cidade de Belo Horizonte, com o trabalho, “Signos e Aprendizagem nas Memórias de Músicos Cegos”. Em sua tese de doutorado, Flávio estudou os efeitos da educação musical escolar por meio do canto coletivo em escolas primárias, durante as décadas de 1920 e 1930. Possui artigos e capítulos de livros sobre educação musical, aprimoramento dos sentidos e cidadania, publicados no Brasil e no exterior.

ISBN: 978-85-66-256-49-9
Título: Pequenas histórias de luz e som
Páginas: 256
Autor: Flávio Oliveira
Ano de publicação: 2019

R$49,90

Réstia de Alho

Tentar entender os sentimentos, os desejos, a postura de quem está à sua volta e, em última instância, a própria existência é tarefa que se apresenta a todo mundo e com o rude fazendeiro Joca Ferrão não foi diferente. Uma janela aberta para uma prosaica pastagem e um porão com cheiro de alho onde guarda um misterioso saxofone que não consegue tocar compõem a sofrida equação na moradia simples que abriga a pequena família: Joana, a esposa, Isabel, a filha, e o bastardo e deformado Dito, que se movimenta de quatro, trotando feito um bicho, como a denunciar tudo que não é dito sob aquele teto. Entre eles, o silencioso cão Tarugo, qual um Cérbero a guardar há décadas portas que não devem ser abertas. Réstia de alho é um romance que descreve com leveza a vida na superfície singela, enquanto mergulha nas profundezas de almas aparentemente rasas, mas complexas e indecifráveis. Na casa, no bananal, no tanque, na janela, na escada, no curral, na roça de arroz e alho a vida transcorre com mais perguntas do que respostas.

O jornalista Maurício Lara nasceu em Esmeraldas (MG), em 11/11/1952. Trabalhou como repórter, editor e produtor em rádio, jornal e televisão, asses- sorou instituições públicas e privadas. Foi professor de Jornalismo na PUC Minas por 15 anos. É diretor do Instituto Ver Pesquisa e Estratégia. Réstia de Alho é o sétimo romance do autor, que publicou também O Porco (Ed. Ramalhe- te 2016), Rua dos Expedicionários, 14 (Ed. Ramalhete, 2016), Em Nome do Bem (Ed. Planeta, 2005) e uma trilogia que inclui A Versão do Pai (Ed. Ramalhete, 2018), O Jardim de Leocádia (Ed. Páginas, 2017) e O Filho do Corrupto (Ed. Ramalhete, 2015).

ISBN: 978-85-66256-54-3
Título: Réstia de Alho
Páginas: 185
Autor: Mauricio Lara
Ano de publicação: 2019

O Homem Delicado

R$49,90

O Homem Delicado

De que é feita a memória? Quando a retomamos, será possível distinguir entre a realidade dos fatos e reconstrução de sentido que fazemos a posteriori? Para responder a esta indagação, pano de fundo de O homem delicado, Lino de Albergaria constrói a retomada de uma vida, apresentada pela voz do personagem Lauro. Em sua retrospectiva, a narrativa autobiográfica se estrutura como as cenas de um filme, no qual o passado e o presente ora se alternam ora se justapõem, como também se movimenta como um quebra-cabeças, um caleidoscópio, as cartas do Tarô ou o álbum de figurinhas da sua infância.

Mineiro de Belo Horizonte, Lino de Albergaria voltou a viver em sua cidade, depois de experiências em Paris (onde estudou editoração), São Paulo e Rio de Janeiro (onde trabalhou em algumas editoras). Graduado em Letras, é mestre em Ciências da Comunicação e doutor em Literatura. Há mais de trinta anos vem publicando livros para o público juvenil, segmento por onde se iniciou como autor. Dezenas de reedições e alguns prêmios assinalam seu reconhecimento na área. Vem também, sobretudo nos últimos anos, escrevendo romances. O homem delicado surge na sequência de seus títulos anteriores: Em nome do filho (finalista da Bienal Nestlé), A estação das chuvas (finalista do Prêmio Jabuti e premiado pelo Estado do Paraná), Um bailarino holandês e Os 31 dias.

ISBN: 978-85-66-256-50-5
Título: O Homem Delicado
Páginas: 201
Autor: Lino de Albergaria
Ano de publicação: 2019

R$40,00

Mínimas Máximas

A palavra exerceu, sempre, sobre mim, o seu fascínio. E, tão grande ele era, que a elegi, um dia, cúmplice de meu dizer poético. O tempo se encarregou de oportunizar condições para o que, dentro de mim, ansiava passear livremente. Nasciam, assim, meus poemas, meus pequeninos poemas.

Therezinha Veiga é fundadora da Passaredo, centro de criatividade que operou em Belo Horizonte. Filosofa, pintora, escultora e psicanalista, Mínimas máximas é o seu primeiro livro.

ISBN: 978-85-66256-52-9
Título: Mínimas máximas
Páginas: 85
Autor: Therezinha Veiga
Ano de publicação: 2019

R$65,00

De Cor

“De cor revela motivos para alargar horizontes, fundir achados surpreendentes, traduzir o intraduzível, descomplicando a cosmovisão do achamento do Eu, do Outro, de todos. Um prodígio.“ – Fábio Lucas

Lelena Lucas (Maria Helena Lucas) nasceu em 1962, em Belo Horizonte. É bailarina, coreógrafa, artista plástica e coordenadora da Corpo Escola de Dança (Grupo Corpo).

ISBN: 978-85-66256-55-0
Título: Mínimas máximas
Páginas: 120
Autor: Lelena Lucas
Ano de publicação: 2019

R$35,00

Aprendizado do Coração

Como diz o ditado, “o coração tem razões que a própria razão desconhece”. O que precisamos, portanto, para alcançar o estado de bem-estar na vida e a paz interior que nos conecta à certeza que somos uma partícula pertencente ao Universo Maior é manter tonificado e aceso o contato com o coração. Manter aberto o canal que nos permite ouvir as vozes do coração é sem dúvida um constante aprendizado. O Aprendizado do Coração.

Clara Rennó (Cacala) é especialista em Gestalt Terapia, atuante desde 1990. Com formação no processo Hoffman da Quadrinidade, especializou-se no método Restauração de Relações criado por Suzana Stroke e na Terapia Integrativa e Holística da Escola SAT (Seekers After Truth) criada e desenvolvida pelo Dr. Claudio Naranjo, o maior representante da Gestalt Terapia na atualidade, sucessor de Fritz Perls.

ISBN: 978-85-66256-51-2

Título: Mínimas máximas
Páginas: 92
Autor: Clara Rennó
Ano de publicação: 2019